quarta-feira, janeiro 13, 2010

Querido Pai Natal:

Bem sei que não costumas receber cartas por esta altura, mas ainda não passou um mês desde a tua interminável distribuição, pelo que presumo que o período de reclamações ainda não expirou. Também sei que já não vais para novo, o que aumenta, por um lado a probabilidade de estares demente, e por outro a imensidão da sapiência. Claramente não recorreste a esta última quando passaste lá por casa naquela mal-afortunada noite. Ratos em gaiolas? Então aquilo faz-se? Hamsters? Aquelas coisas não vieram em nada contribuir para a harmonia do lar, antes pelo contrário. É porque o de um está com fome e precisa de mais comida, é porque o de outro está gordo e não cabe na casa, é porque o do outro outro não sai da casa, é porque o deste não pára quieto, é porque o daquele está com frio e não pode estar na marquise, é porque o daquele outro passa a noite a andar na roda, é porque o de um não bebe água há mais de 10 minutos, é porque o daquele está stressado. Porra, nenhum dos meus filhos dizia stressado antes disto. Nem sabiam o que era e agora tenho três stressadinhos. E stressadinhos porquê ? Por causa de ratos ??????? Eles não estão aptos a tomar conta de nenhum ser vivo. Até os tamagochis deixaram morrer. Eles não podiam receber aqueles ratos. Ratos não. Como se não bastasse pelo menos um dos ratos é rata. Como se não bastasse essa rata pariu uma ninhada de sabe-Deus-quantos. E pois claro. E se ela come os filhos ? E não lhe toques na gaiola. E dá-lhe comida que eu não consigo. E olha que ela vai matar os filhos. E acho que ainda não matou porque não tem sangue na boca nem nas patas. E o melhor é dar-lhes leite para ela dar aos filhos. E como é que ela fabrica leite se não bebe leite. E é como as mulheres como? E como é que as mulheres fabricam o leite nas maminhas para os bebés?
E eu sou obrigado a aturar isto? Não me parece. Esquece a argumentação que também tens renas porque isso é uma opção tua. Tal como os ratos lá de casa. Portanto, neste contexto, sugiro que os substituas por uns que trabalhem a pilhas e que não se urinem. Para perceberes o desespero, confesso que já pensei em empalhá-los e transformá-los em capas para os ratos dos computadores. Também já pensei em comprar uma cobra para por no aquário e resolvia de uma só vez o problema da trabalheira que tratar dos aquários, o problema dos ratos e o problema da alimentação da cobra.
Grato pela atenção.

6 comentários:

MagicBfly disse...

Bela carta. Mas depois disso tudo, o que fazias à cobra?

@na disse...

ahahahahaha

Cool Mum disse...

*agarrada a barriga a rir*
e a Iana? também stressou?

Rita Quintela disse...

Também tivemos. Já só resta um. Um esse que comeu os outros.

Donagata disse...

Como de costume foi de ir às lágrimas. e se eu preciso disso!!! Destas, não das outras.

Beijos

Jannine disse...

A minha única pergunta é Papai Noel respondeu sua "cartinha"?! Hahahahaha, espero que os ratinhos estejam bem, e os filhos menos stressados!
Um cheiro.