sábado, abril 04, 2009

(des)Construção

"Seus olhos embotados de cimento e tráfego, beijou sua mulher como se fosse lógico, e flutuou no ar como se fosse sábado."
Mais do que a merda que os médicos me dizem sobre ti, é a merda do teu olhar que parece incapaz de dizer algo.

6 comentários:

carla mar disse...

EPAH!
outra casa?!
;)

Sofia disse...

Eu gosto deste fundo... ainda não é desta?

Anónimo disse...

Estás no sorriso doce das mais belas bochechas, nas palavras acertadas por entre caracois, nas gargalhadas estridentes com uma chucha ao canto da boca. Estás lá quando os beijo à sucapa já a dormir, como sempre me fazias. E assim seria para todo o sempre. Para todo o sempre.
ana

Anónimo disse...

Queridos, ...
Tão pobre este dizer.

Teté

Alecrim disse...

um beijo, com carinho, de alguém que vos quer bem, ainda que ao longe, detrás de um ecran...

filha do administrador disse...

não gosto muito deste post, não sei porquê, parece-me que alguma coisa não está bem
tudo de bom