quarta-feira, julho 27, 2011

Euro2004

Senhores investigadores que há 7 anos desmantelaram uma célula que se preparava para fazer um ataque ao estádio do Dragão (até me custa escrever este nome):
Muito obrigado. É que o atentado ia ser no único dia em que eu fui ao estádio coiso. E a coisa correu tão mal. Jogo de abertura do euro. Uns pompons azuis que é uma cor que não vai nada bem comigo no que toca a futebol. A descoberta que o estado do coiso é o mais bonito de todos. Uma equipa grega armada em parva que resolveu ganhar doisaum, e que depois ainda viria a repetir a graça na Catedral. Muita bem feita, levaram o caneco do Euro2004, mas agora andam às aranhas com a crise, o défice e a Moody’s que graças a Deus, são coisas que a nós portugueses, não afectam. Um dia para esquecer portanto, e só faltava mesmo ser apanhado num atentado e esticar o pernil nos escombros do estádio coiso. Eu já sofro pouco com o que ali se passa, seria de uma estúpida ironia, que tamanha desgraça me acontecesse.
Confesso que a mim também já me apeteceu implodir o estádio coiso sobretudo por causa daquela estranha mania que eles têm de ganhar tudo como se não houvesse amanhã que eles têm. E até pensei falar com a Sónia Brazão a ver se ela tinha alguma ideia de como implodir aquilo. Agora que ninguém me convence que ela e o Lord Voldemort não são a mesma pessoa, achei que um feitiçozinho a coisa fazia-se. É certo que me passaram essas ideias pela cabeça, mas rapidamente as afastei e acho por bem que o estádio do coiso fique por lá a ver se um dia eles desligam as luzes e ligam a relva quando o Glorioso ganhar lá um campeonatozinho.
Neste contexto queria agradecer portanto aos ilustres investigadores que desmantelaram a célula terrorista e deitaram por terra os planos de um ataque terrorista ao estádio coiso. Da única vez em que eu queria muito que a equipa da casa ganhasse. Pumba.

5 comentários:

pal disse...

foste muito coiso agora...

Teresa Frazão disse...

Venho às vezes ver este blog.

Talvez o Sol invada tudo.

pessoas

espaço

tempo.

É Agosto.

«E Agosto é todo o ano para mim.»




É mesmo.


Mãe

Paulo disse...

"A descoberta que o estado do coiso é o mais bonito de todos." Cá está uma verda de que não se lê todos os dias.

Anónimo disse...

"A descoberta que o estado do coiso é o mais bonito de todos." Cá está uma verdade que não se lê todos os dias.

Clau disse...

Pois, não percebi este... mas também, a mim, futebol, é coisa que não me assiste!